A militarizada Seul

Por Equipe Passagem Barata | 15 jan 2014

Seul, na Coreia do Sul, é um destino que tem tido destaque nos últimos tempos. Psy e outros cantores coreanos tem ganhado força no Brasil e, com isso, atraído muitas pessoas ao seu país. A capital do sul é uma cidade bem peculiar, mas muito interessante para se visitar.

Capa

“Seul fica a pouco mais de 50 km da fronteira com a Coreia do Norte”, informa a guia turística. Mas só isso? “Só.” Parece incrível, mas os sul-coreanos dormem e acordam ao lado do inimigo. O pior de tudo é que o inimigo é seu irmão.

Paju

A Guerra da Coreia dividiu a Península Coreana em duas, criou duas nações que vivem às turras, destruiu boa parte da infraestrutura nos dois lados da fronteira e separou famílias por décadas, gerações. Chegar até Paju, cidade sul-coreana que fica pertinho da Coreia do Norte, porém, é muito fácil.

É só pegar uma estrada muito bem pavimentada que não tem nenhum posto de controle em seu caminho. Menos de uma hora depois, estamos no coração de uma das regiões de maior tensão política da atualidade. As feridas desse conflito continuam abertas, latejando, e é despendido uma enorme esforço humano e financeiro para manter uma área militarizada abissal, com milhares de soldados circulando o tempo todo

Separamos aqui alguns dos lugares imperdíveis na cidade, neles você terá a oportunidade de aprender a cultura e história do local, além de se encantar com suas construções.

Korea Furniture Museum

Aparentemente, este é o tipo de lugar que até mesmo as pessoas mais idosas acharia chato, mas existem segredos guardados por lá que valem a visita. O local abriga mais de 2 mil peças de mobiliários, além de 10 hanoks (casas tradicionais coreanas). O museu, por si só, é um dos mais importantes e bonitos exemplos de arquitetura em Seoul, e um dos primeiros lugares que curadores e designers pisam ao chegar por lá. O local exige reservas para visitação.

Korea-furniture-museum2-900x500

T.um

Gerida pela maior empresa de telecomunicações da Coréia, a SK Telecom, a T.um oferece a mais impressionante tecnologia do que será usada em um futuro muito próximo. A  melhor coisa da visita é perceber como sua vida será em 10 anos, com, por exemplo, carros que dirigem sozinhos. Para visitar o local é preciso fazer reserva pelo site e os tours são conduzidos apenas em coreano.

Estação de Gwanghwamun

Palácio de Gyeongbokgung, córrego de Cheonggyecheon, estátua de King Sejong. Essa são os três maiores pontos turísticos de Seoul e estão a uma curta caminhada da estação de metrô de Gwanghwamun. Amplas vistas do palácio com inúmeras montanhas são algumas das mais impressionantes no local. No distrito financeiro é onde se encontram as melhores opções para almoçar, assim como a livraria Kyobo no prédio que leva o mesmo nome e tem artigos de papelaria e outros produtos como brinquedos e acessórios.

gwanghwamun-kwanghwamun

Korean galbi

Quando se fala em “grelhar”, os coreanos não ficam por baixo. Equipes experientes servem cortes suculentos de carne, perfeitamente defumados. O Maple Tree é uma churrascaria alegre com bom custo x benefício, com filiais em Gangnam e Gangbuk.

Korean galbi

Gostou? Então compartilhe

Deixe seus comentários