Festa Junina – As Mais Tradicionais Festas Juninas do País

Por Equipe Passagem Barata | 02 jun 2010

O mês de junho chegou, e com ele as tão famosas festas juninas. As festividades juninas sugerem decorações alegres, roupas típicas, e comidas deliciosas, além é claro da tradicional fogueira de São João. As festas juninas são uma celebração de origem européia. De acordo com a história estão relacionadas à festa pagã realizada no verão, tempo em que o Sol se achava no ponto mais afastado do Equador. A festa junina era realizada no dia 24 de junho de acordo com o calendário juliano (pré-gregoriano) e foi incorporada ao calendário cristão à partir da Idade Média, como Festa de São João.

Uma festividade realizada com uma importância particular no Norte da Europa, mas é encontrada também em países como Irlanda, França, Itália, Malta, Portugal, Espanha, Canadá, Estados Unidos, Porto rico, Brasil, Austrália e em algumas partes da Grã-Bretanha. A festa de São João brasileira é típica da região Nordeste, que por ser uma região árida agradece todos os anos a São João e São Pedro pelas chuvas caídas nas lavouras.

Festa Junina - Onde Ficam as Mais Tradicionais Festas Juninas do País

As cidades onde acontecem os maiores eventos festivos no país são:

  • Caruaru em Pernambuco
  • Campina Grande na Paraíba
  • Amargosa, Cruz das Almas, Piritiba e Senhor do Bonfim na Bahia
  • Mossoró no Rio Grande do Norte
  • Maceió em Alagoas
  • Recife em Pernambuco
  • Aracaju em Sergipe
  • Juazeiro do Norte no Ceará
  • Cametá no Pará

As cidades citadas acima atraem milhares de turistas todo ano. As cidades de Cruz das Almas e Ibicuí na Bahia disputam o título de Maior São João do Mundo, seguidas por Juazeiro do Norte no Ceará e Mossoró no Rio Grande do Norte que disputam o terceiro lugar de Maior São João do Mundo. As festas juninas mais tradicionais do Brasil são as de Santo Antônio, São João e São Pedro. A festa de Santo Antônio é realizada no dia 13 de junho, dia do seu falecimento tendo sido canonizado um ano após a sua morte. Nesse dia as moças solteiras fazem sortinhas e simpatias para encontrar noivos já que há em torno do santo o mito de ser casamenteiro e de encontrar objetos perdidos

Já a de São Pedro é realizada no dia 29 de junho, último dia da realização das festas juninas. São Pedro é considerado o protetor das viúvas e dos pescadores, além de ser o guardião das portas do céu, por isso sua festa é preparada por viúvas e pescadores que pedem proteção.

A festa do padroeiro é realizada no dia 24 de junho, dia do seu nascimento. São João é considerado o santo festeiro, por isso suas festas são cheias de danças e forró. O local escolhido para realizar as festas juninas geralmente é aberto, chamado de arraial, onde é levantado um mastro com a bandeira do santo a ser homenageado. Usa-se enfeitar o local com bandeirinhas coloridas, iniciando e fechando as festas com queimas de fogos.

As fogueiras são indispensáveis, trazidas pelas tradições pagãs e adaptadas às cristãs. A apresentação das quadrilhas é a mais esperada, encenando sempre um casamento caipira, seguida pelo arrasta – pé. Fazem parte também das festas juninas as comidas tipicas como pipoca, amendoin, chocolate quente, quentão, vinho quente, bolo de fubá, pastéis de milho, boas, canjicas, cartuchos, etc. Uma festividade gostosa, que reúne familiares e amigos que se divertem com as comemorações.

E então, que tal uma bela viagem em junho para além de conhecer uma cidade nova curtir uma festa junina bem tradicional?

Gostou? Então compartilhe

Deixe seus comentários